Xbox Scorpio – Especificações, custos e outros detalhes

177

Esperamos sinceramente que a Microsoft não esteja a fazer uma consola só para “ser melhor” que a PS4 Pro.

A Microsoft levantou, finalmente, o véu de secretismo em volta da sua misteriosa sucessora da Xbox One. Por agora, mantém o título de “Project Scorpio”, mas diversos detalhes técnicos foram avançados ao site Digital Foundry, enquanto outros pormenores têm vindo a ser revelados.

Para todos os efeitos, porém, ainda não temos consola. Nada passa de uma listagem, algumas imagens de protótipo e muito desejo de “simplesmente” fazer algo superior ao que já existe (leia-se “PlayStation 4 Pro“). A confirmarem-se as estimativas, porém, espera-se uma grande peça de hardware.

Ora bem, a célebre promessa dos 6 TFLOPs lançada na pré-conferência da Microsoft durante a E3 do ano passado mantém-se. E, segundo o vídeo acima, parece que atinge essa marca. As especificações parecem corresponder a essa marca, pelo menos nesta fase de protótipo:

  • CPU – Oito cores X86 personalizados a 2.3GHz
  • GPU – Quarenta unidades de computação personalizadas a 1172MHz
  • Memória – 12GB GDDR5 com Largura de Banda de 326GB/s
  • Disco Rígido – 1TB
  • Unidade de Leitura – Blu-ray com resolução UHD 4K

A nova consola irá usar o mesmíssimo APU Jaguar da AMD que já equipa a actual geração de consolas (Xbox One, PS4 e PS4Pro). Contudo, está com um novo Overclock que permite atingir uma velocidade superior de relógio (comparados com os 2.1GHz da PS4 Pro).  Também tem mais unidades de computação gráfica com maior velocidade que a PS4 Pro (que tem apenas 36 unidades a 911Mhz). Além disto, ainda tem mais memória RAM disponível para jogos (8GB contra os 5GB da PS4 Pro).

Esta melhoria geral, segundo a DF dá-lhe 43% de poder teórico acima da PS4 Pro. Isto graças a um intenso trabalho de personalização e engenharia da parte da Microsoft, garantindo cerca de 60 personalizações diferentes na unidade que visam eliminar problemas de estrangulamento de memória. Contem ainda com suporte para DirectX12 e para o já estreado Dolby Atmos.

E é notório que a Microsoft esteve a rever os problemas das actuais Xbox One e Xbox One S. Apesar de parecer manter um design compacto, o sistema de ventilação passou a ser orientado para a traseira da consola. Para isso, conta com uma placa dissipadora com gases inertes, baseada nos sistemas de refrigeração das actuais placas gráficas. Assim, irá desaparecer a infame grelha de ventilação no topo da unidade.

Contudo, todas estas melhorias possuem um sério revés. Conforme já tínhamos mencionado no passado, criar uma consola com tão elevadas especificações ao nível informático, só pode prejudicar o seu preço final. A Microsoft estará a apontar esta nova consola para o mercado “premium”, ou seja, bem acima dos valores actualmente praticados nas suas consolas Xbox.

Estima-se que a Scorpio será mais cara que a actual consola de topo, a PlayStation 4 Pro. Embora nenhum valor tivesse sido confirmado, numa entrevista ao site Eurogamer, Mike Ybarra, vice-presidente da Xbox, confirmou isso mesmo. E isto constitui um risco para a Microsoft. Se o valor for muito superior aos actuais 399.99€ da PS4 Pro, chega perigosamente perto dos valores praticados no mercado dos PCs. E aí, a Xbox Scorpio terá poucos argumentos para convencer.

É que o mercado “premium” de consolas é muito subjectivo. O valor de uma consola visa justificar um investimento de entretenimento em conta, não forçosamente uma peça cara que só serve (praticamente) para jogar. Hoje em dia, um bom PC, bem ao nível destas especificações, pode atingir valores próximos dos 600€. E estes dispositivos não servem apenas para fins de entretenimento.

Resta-nos esperar por mais pormenores, que serão partilhados na próxima conferência da Microsoft, que vai anteceder a feira E3, desta feita a 11 de Junho. Nela serão dados mais detalhes, como o design e o nome final da consola (que não seja “Xbox One Pro”, por favor), além de serem apresentados alguns jogos de lançamento, como Crackdown 3 ou Sea of Thieves.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here