Telltale Games anuncia encerramento

277

The Walking Dead: Final Season é o último jogo da chancela da produtora.

Mais uma notícia triste de um encerramento de um estúdio. Sé que, neste caso, a notícia não só surge como uma surpresa, como traz uma outra má notícia associada. A Telltale Games anunciou que vai encerrar portas e também o fim dos seus projectos.

“Foi um ano muito difícil para a Telltale”, começou por dizer Pete Hawley, CEO da produtora. Apesar de terem entregue “algum do seu melhor conteúdo neste ano” e obtido boa crítica, “infelizmente isso não se traduziu em vendas”.

O que resultou no despedimento de uma grande quantidade dos cerca de 250 funcionários da Telltale Games, mantendo apenas uma equipa administrativa em funções. O comunicado oficial do fecho da produtora foi partilhado nas redes sociais, gerando reacções vastas de fãs e da comunidade no geral.

Assim, The Walking Dead: The Final Season torna-se no último jogo lançado por esta produtora. O segundo episódio está previsto para a próxima semana, mas não há informações se será completado no tempo previsto. Dado que se mantém 25 funcionários na empresa, talvez o intuito seja lançar os restantes episódios no tempo previsto.

Projectos em carteira, como The Wolf Among Us: Season Two e a adaptação da série televisiva Stranger Things, assim como possíveis continuações das séries de Batman, Guardians of the Galaxy ou Game of Thrones, já não deverão ver a luz do dia.

Nas nossas várias análises aos diversos jogos de aventura gráfica da produtora, a dada altura sentimos que a fórmula estava a ficar gasta. Não devemos ter sido os únicos a pensar isto se os resultados das vendas foram, de tal formas baixos, que forçaram o fecho da produtora.

Há algum tempo que a Telltale não inovava na jogabilidade, mantendo as mecânicas e lógicas da acção praticamente intactas de título em título. O risco que uma produtora corre por se restringir a um género ou a uma fórmula é este: que se desgaste, ao ponto de não levantar mais interesse na comunidade.

Contudo, é sempre com desagrado que vemos o fecho de uma produtora com tão largo historial de jogos. Se mais nada fez, a Telltale Games trouxe-nos aventuras fantásticas, com enredos brilhantes e pejadas de diálogos com reverberação profunda em histórias complexas. E será uma perda enorme que desapareça definitivamente.