Razer lança caixa para placas gráficas mais acessível

507

A nova Razer Core X permite fazer upgrade gráfico a um computador sem necessitar de mudar nada no interior.

Foi no início de 2016 que a Razer lançou uma caixa externa para instalar uma placa gráfica para depois usar em computadores com ou sem a sua gráfica dedicada, por exemplo num portátil. Dois anos depois, a marca tem uma versão melhorada, a Razer Core X.

Com a Core X terão uma fonte de alimentação de 650 Watts, ao invés dos 500 Watts da versão original. Desta forma é possível colocar gráficas que sejam mais carentes de energia. A ligação mantém-se através de Thunderbolt 3, capaz de transmitir informação e energia através de um só cabo a velocidades a rondar os 40 GB/s.

Em termos de compatibilidade, a Razer indica que é possível colocar qualquer gráfica da AMD ou Nvidia que tenham sido lançadas a partir de 2014. Qualquer sistema Windows ou macOS, com as actualizações mais recentes funcionará com este acessório, desde que o computador tenha uma entrada Thunderbolt.

Para atingir um desempenho térmico ideal para as longas sessões de jogos, a caixa de alumínio foi desenvolvida com aberturas e soluções de refrigeração adicionais para rapidamente dissipar o calor. A instalação da placa gráfica pode ser feita em segundos e com o mínimo esforço, graças ao pormenor do interior deslizar como uma gaveta.

A possibilidade de fazer upgrade à Placa Gráfica de um computador, mesmo que este não o permita, é bastante tentadora. Tenham só atenção que o Razer Core X tem um custo a rondar os 250€ e, obviamente, ainda terão de comprar a placa gráfica em separado.