Nvidia anuncia RTX 2060

119

Diz a Nvidia que são 60% mais rápidas que a anterior geração.

Depois da grande revelação das suas placas gráficas top de gama da nova RTX, as 2070 e 2080, inclusive as suas versões “Ti”, chegou a vez da Nvidia mostrar a sua aposta na gama média. As RTX 2060 surgem como alternativas mais acessíveis desta nova tecnologia.

Ao longo destes meses, temos acompanhado a evolução do mercado e também as avaliações de uso das novas placas Nvidia RTX. Apesar da promessa de serem 6X mais potente que as anteriores GTX 1000, a realidade é que esta nova arquitectura “Turing” não se revelou muito entusiasmente em testes e benchmarks realizados.

Isto, por mais que a Nvidia lance novos drivers para os jogos tirarem mais potencial do hardware. Também a própria tecnologia raytracing não veio adicionar grande coisa aos jogos, além de uns efeitos visuais pontualmente mais apelativos. Apesar do hardware mais poderoso, os jogos simplesmente não “brilham” mais e isto pode não justificar o investimento avultado nas 2070 ou 2080, ainda mais inflacionado nas 2070 Ti e 2080 Ti.

Aliado a uma escassez inicial de unidades no mercado, a nova série RTX também deixou a procura abaixo das expectativas. Este panorama pode mudar com as novas RTX 2060, as novas placas gráficas de gama média da Nvidia.

Revelada neste fim de semana durante a CES 2019, a RTX 2060 apresenta-se com 6GB de VRAM a DDR6, suportando também a tecnologia raytracing. Tem 240 cores RT (Turing) e Tensor e na versão “Founders” com overclocking de fábrica, chega aos 14Gbps na velocidade de relógio, debitando 6.5 TFLOPS.

Segundo a Nvidia, é “60% mais rápida em títulos actuais que a anterior GTX 1060” e também “bate a performance da GTX 1070Ti”. Se isto é verdade, só o tempo o dirá. O que é certo é que, ao compararmos com os dados da 1060, 6GB DDR5 a 8Gbps de relógio e a debitar 4.4TFLOPS, há uma clara melhoria na mesma gama.

A nova placa terá um PVP recomendado de 350$ Dólares (cerca de 305€), tornando-a bem mais acessível que a própria 2070. E notem que, ao contrário do que aconteceu no lançamento das suas “irmãs” mais potentes, as versões de fabricantes terceiros (ASUS, MSI, Gigabyte, etc) da 2060 serão lançadas em paralelo com a versão da Nvidia. O que poderá significar ainda melhores preços e performances.

A Nvidia Geforce RTX 2060 será lançada no dia 15 de Janeiro em todo o mundo. Mas, já sabem que por cá deve demorar um pouco a chegar ao mercado. E o preço deverá ser um pouco inflaccionado, como costume.