Mais conteúdo adicionado neste mês a Assassin’s Creed: Odyssey

103

Além de mais conteúdo, a Ubisoft continua também a melhorar a jogabilidade.

Pode não ser o mais popular mas Assassin’s Creed: Odyssey é um dos melhores jogos deste ano. E a Ubisoft prepara-se para continuar a melhorá-lo com as primeiras adições de conteúdo, previstas mesmo antes do seu lançamento.

Nestes últimos dias, uma nova quest intitulada “Lost Tales of Greece” foi adicionada, recebendo mais uma parte desta história nos próximos dias. Também uma outra missão, chamada de “Divine Intervention” introduz novos desafios, na linha do que recebemos também na passada semana com a missão “The Show Must Go On”.

Ainda neste mês, iremos receber uma nova criatura da mitologia Grega, o Ciclope. A missão “Steropes the Cyclops” é um desafio de um boss, inserido na quest “The Lightning Bringer” e que pode ser desafiado a partir de 13 de Novembro. Ganharão um arco lendário se o conseguirem derrotar.

Mas, há mais para vos desafiar. Se já atingiram o nível 30, preparem-se para mais eventos, mercenários e navios épicos para ganhar loot único e Orichalcum para gastar na loja lendária de Sargon. Também podem gastar dinheiro real na loja em jogo com novos fatos, armas, montadas e decorações para o navio.

A nível de jogabilidade, até ao final deste mês a Ubisoft tenciona também implementar mais algumas novidades. O nível máximo de personagem irá aumentar de 50 para 70, teremos a capacidade de alterar o aspecto da armadura por outra mantendo as estatísticas, personalizar os controlos, vai haver uma diminuição custos de upgrade de peças mais baixas e teremos a capacidade de pausar os boosts temporários. Estas novidades serão introduzidas nos próximos dias.

A semana passada vimos já algumas melhorias, como a capacidade de produzir setas automaticamente sem ter de ir sempre ao menu, estatísticas detalhadas da personagem, além de inúmeras correcções, balanceamentos e melhorias. Podem consultar a lista completa de novidades já introduzidas neste link.

Na nossa análise, dissemos que Assassin’s Creed: Odyssey “surge como uma das melhores aventuras da Ubisoft”. O que mais gostámos é que “capitaliza bastante nas mais valias do jogo anterior (AC: Origins), ampliando as suas qualidades e virtudes”. Para nós, só não é o Jogo de Aventura do Ano, porque a concorrência é feroz.