Google encerra plataforma YouTube Gaming

284

Embora seja o fim desta plataforma dedicada, o YouTube não desiste dos jogos.

Talvez não se lembrem mas nós lembramo-nos. Em 2015 o famoso site de vídeos decidiu abraçar o mundo do gaming por criar uma plataforma dedicada a vídeos, streamings e outras ferramentas, chamada YouTube Gaming. A Google anunciou agora o seu fim.

Tido na altura como um verdadeiro concorrente do Twitch, esta plataforma foi uma clara resposta da Google para a agressividade (e sucesso) desse outro serviço da Amazon. Na altura da sua génese, conseguimos ver o potencial deste serviço, indicando que “logo a seguir à música, os videojogos são o segundo tópico mais procurado no Youtube”.

No entanto, o Twitch não ficou parado à espera da concorrência. Reinventou-se várias vezes, inclusive com estreitas parcerias com a Amazon, resultando numa hegemonia clara. Nem mesmo outras plataformas, como o mais recente Mixer da Microsoft parecem abalar o serviço de streaming.

Por isso, não é de admirar que a Google tomasse a decisão de encerrar o YouTube Gaming, a aplicação e o serviço em si. Como serviço dedicado, deixa de existir, mas isso não significa que a Google desista de apoiar o mundo dos videojogos no YouTube.

Muitas das inovações que o YTGaming trouxe serão agora implementadas no próprio YouTube regular. Transmissões em directo, caixa de conversação (Super Chat), tema escuro e “membership” de canais, passarão a figurar nos canais e página do serviço regular do YouTube. Se quiserem conhecer estas novidades, visitem o link youtube.com/gaming.