The Division ainda mexe com uma nova adição gratuita

79

Este pode ser o derradeiro esforço de trazer este jogo de volta. Quem sabe se funciona?

É verdade, o MMO de acção da Ubisoft ainda está vivo. Há quem diga que está melhor que nunca, mas os seus altos e baixos não o ajudaram a afirmar-se. The Division terá hoje a sua maior actualização e adição de conteúdo desde que foi lançado. Ah! E é gratuita.

Quem diria? Um jogo com tanto potencial, que nos agarrou desde as suas Betas e que depois se afundou num manancial de problemas de gestão e de ordem técnica, ainda hoje luta pela nossa atenção. Não quer dizer que consiga, até porque há muita oferta na concorrência. Contudo, a Ubisoft tem agora a nossa curiosidade com esta Actualização 1.8, apropriadamente chamada de “Resistance”.

Tal como prometido há uns meses, actualização irá adicionar toda uma nova área de jogo, o West Side Pier. Nesta nova porção de mapa, teremos novas actividades disponíveis, assim como uma nova base de operações chamada “Camp Clinton”. Contem também com novas armas, melhorias na Dark Zone e Underground e outras novidades.

Contudo, não esperem facilidades nesta nova área. As facções de inimigos juntaram-se todas e querem erradicar os Agentes do mapa. Naquilo que podemos descrever como uma espécie de modo Horde, o modo com o mesmo nome da actualização (Resistance) trará vagas de inimigos em sequência em locais onde teremos de criar defesas. O outro modo disponível é Skirmish, um Team Deathmatch de 4vs4.

Tudo isto irá chegar… hoje, dia 5 de Dezembro. E a partir de amanhã e até ao dia 10, o jogo estará “free to play” para experimentarem estas novidades, caso (já) não tenham o jogo. Será que é desta que temos o jogo prometido pela produção?

Conforme recordarão, The Division foi lançado em Março de 2016 com a promessa que seria “o” jogo a seguir no universo dos emergentes MMOs de Acção. Contudo, na nossa análise ficou claro que, apesar de termos adorado as suas primeiras horas, o seu End Game mostrou-se escasso e extremamente dependente de um grind pouco apetecível. E os problemas técnicos e outras polémicas também não ajudaram muito. A mudança de estratégia para conteúdo gratuito pode ser a melhor decisão que a produção podia tomar. Mas, também já pode vir algo tarde.