Alemanha pode vir a restringir as caixas de loot

237

A moda financeira do momento tem mais um país a opor-se.

Depois de vermos as autoridades Belgas a considerarem as caixas de loot equivalentes a jogos de azar, é a vez da Alemanha abordar a polémica. Berlim poderá vir a criar restrições a estas opções financeiras em videojogos. O cerco aperta-se para a moda polémica.

Podemos dizer que foi a polémica gerada pelo autêntico “pay-to-win” gerado por Star Wars Battlefront II que colocou este tema nas bocas do mundo. Contudo, a opção de usar caixas de loot em jogos não foi estreada nesse título. Muitos outros videojogos já haviam optado pela compra em jogo de caixas com itens aleatórios, cosméticos ou modificadores de jogabilidade, recorrendo a dinheiro real ou via microtransacções.

O Governo Belga foi apenas uma das vozes mais audíveis um pouco por toda a Europa. Vários outros países juntaram-se à discussão, apontando a abordagem de jogo de azar, por causa da forma aleatória como os “prémios” são ganhos, como de uma aposta se tratasse. Obviamente, os mais expostos a esta questão são os menores de idade.

Por isso, de acordo com o site Welt, a Universidade de Hamburgo concluiu um importante estudo que realmente associa conceitos de jogos de azar a estes elementos tão comuns em videojogos do momento. O presidente da Comissão de Protecção de Menores Alemão, parte da organização governamental Die Medienanstalten (Media Authorities), informou que essa postura pode violar a Lei nacional no que toca a promoção de apostas junto de crianças e adolescentes.

Estas conclusões, em conjunto com o clamor que já existia na opinião pública e em outros países, criou um movimento de crítica que está a forçar medidas para criar restrições ao conceito de caixas de loot compradas com dinheiro real. Curiosamente, organizações como a Europeia PEGI, a tal que cria classificação etária para jogos na Europa, resume-se a achar que “ainda não se pode provar que se trata de apostas”.

A Comissão de Protecção de Menores da Alemanha vai-se pronunciar sobre o assunto no próximo mês de Março. Analistas acreditam que o mínimo que pode acontecer é a criação uma restrição maior de idades em jogos que decidam ter estas caixas de loot. O pior que pode acontecer, porém, é um total banimento de jogos com esta opção na Alemanha.