Actualização e promessas para Kingdom Come: Deliverance

387

A produção já lançou cerca de 40 GB de actualizações e não vai ficar por aqui.

Apesar de ser uma das melhores experiências recentes em RPGs, Kingdom Come: Deliverance não está isento de problemas. Algumas das questões mais graves têm vindo a frustrar jogadores nas várias plataformas. A produção está atenta e já há um plano.

Conforme já mencionámos, logo nos primeiros dias tivemos uma actualização gigante (cerca de 23 GB) para adicionar ao jogo depois de instalado. E notem que estas novas versões não são só para corrigir erros, mas também para adicionar conteúdo.

Contudo, não deixámos de listar uma série de problemas que encontrámos, alguns são mesmo graves e quebram a jogabilidade. E não estivemos sozinhos nesta questão, uma vez que fóruns e redes sociais se encheram com reclamações e pedidos de correcção.

Um dos problemas encontrados é um triste exclusivo da PlayStation 4. O gatilho R2, associado ao ataque com armas ou punhos, pode não funcionar correctamente em determinadas circunstâncias e em alguns comandos. A produção ainda não conseguiu corrigir este erro mas associa-o à detecção de força no gatilho e oferece uma “solução” temporária.

Nas definições da consola, entrem nas acessibilidades e nos botões personalizáveis do Dual Shock 4. Troquem o R2 por outro botão ou gatilho, por exemplo o R1 ou o mesmo o outro gatilho L2 associado ao pontapé menos usado. Não é bem uma solução propriamente dita e também não é uma alternativa perfeita. Contudo, até a produtora Warhorse Studios resolver esta questão, pode ajudar os jogadores que têm problemas.

No final do dia de ontem a actualização 1.02 foi lançada, totalizando entre 13 a 16 GB (dependendo da plataforma). Isto significa que dos cerca de 13 GB do jogo base, já vamos com cerca de 40 GB só em actualizações. Não podem acusar a produção de falta de empenho em corrigir este jogo tão ambicioso.

Muitos dos problemas de estabilidade, mecânicas, lógicas e grafismo foram abordados nesta actualização. Nem tudo está perfeito, havendo ainda muito para fazer, sobretudo no campo da optimização. A produção promete mais actualizações, inclusive uma melhoria na distância de renderização, melhores mecânicas de lockpicking, melhorias no sistema de salvamento do jogo e muitas outras melhorias. A produção aponta para umas duas semanas até ter mais melhorias para lançar.

Na nossa análise, dissemos que Kingdom Come: Deliverance é “um daqueles RPGs de mundo aberto que sabe transportar-nos para a acção de forma credível”. Não fomos só nós que achámos isso. O jogo já conta com meio milhão de unidades vendidas, estando em vários tops de vendas em vários locais. Merece que seja trabalhado.