A mais recente evolução da linha de ratos Naga da Razer está aqui. O Razer Naga Trinity traz-nos a sua habitual capacidade de personalização para géneros tão diferentes como MOBAs, RPG ou FPS, sempre a oferecer a melhor perfomance.

No passado, tivemos a possibilidade de analisar, tanto o modelo base desta linha, como também o modelo Naga Hex, com os seus característicos 7 botões em formato circular. Ambos destacaram-se pelo seu potencial e pela forma como dão a possibilidade de fazer qualquer acção com a ponta do polegar. O Naga Trinity que vamos falar hoje, consegue juntar estes dois modelos num só graças à comutação do teclado lateral.

No fundo, estamos a falar de três configurações diferentes pelo preço de uma. Esta lógica inovadora oferece três peças laterais com 2, 7 e 12 botões. Estas podem ser trocadas a qualquer momento, sem a necessidade de desligar o rato. São seguras por dois fortes ímanes que alinham perfeitamente com a superfície do rato, e garantem que os contactos tocam perfeitamente na tomada. Só há uma forma de encaixar os teclados, não havendo margem de erro.

O uso de cada uma das laterais fica a cargo da vossa preferência. É possível associar macros a cada um dos botões, podendo até utilizá-los em programas de modelação 3D, edição de imagem ou qualquer outro software. Contudo, a Razer indica que a lateral com 12 botões, que trouxe popularidade ao modelo Naga, é ideal para jogos MMO como World of Warcraft. Por outro lado, a lateral com 7 botões, é ideal para MOBAs como Heroes of the Storm ou DOTA 2. Já a lateral com apenas dois botões é mais indicada para os FPS, onde o número de botões disponíveis não é assim tão importante.

Uma vez que estamos a falar da facilidade de acesso, vamos discutir um pouco a sua ergonomia. O Razer Naga sempre foi um rato robusto e este modelo não é excepção. Mesmo com o seu tamanho considerável, a nossa mão molda-se na perfeição. Isso deve-se às concavidades presentes nos botões e numa saliência presente na parte direita para o dedo anelar ficar em repouso. A Razer sempre nos habituou a designs funcionais, por isso, não estamos surpreendidos pela forma como a pega no rato nos parece natural.

Como seria de esperar o Razer Naga Trinity também está equipado com a tecnologia Chroma, dando a possibilidade de escolher entre 16 milhões de cores possíveis, em diversas animações ou padrões estáticos. A configuração do Chroma é feita através do software proprietário Razer Synapse, que permite também calibrar a sensibilidade e resposta do laser, assim como mapear as coordenadas de limite do dispositivo para usar nos diversos tapetes da marca.

Com este software é também possível configurar um botão para o modo HyperShift. Esta opção permite ter o dobro das funcionalidades nos botões. A melhor forma de a usar é atribuir uma tecla específica. A título de exemplo, coloquei a tecla HyperShift no botão que normalmente é usado para seleccionar a sensibilidade, localizado no topo do rato. Desta forma, quando está pressionado, tenho acesso a uma segunda opção para cada um dos botões. Assim, é possível ter um total de 24 acções disponíveis na configuração de 12 botões, facilmente acedidas pelo polegar.

Mas, a qualidade não se fica por aqui. Como a ligação é feita através de USB (com um cabo que mede cerca de 2 metros), a sua resposta é linear e ideal para os mais exigentes. O laser instalado neste rato conta com 16000 DPI com um sensor 5G, sendo um dos melhores sensores jamais instalados nesta linha de ratos. Também inclui 450 IPS (Inch per second) que, quando combinado com este elevado número de DPI, cria um rato muito rápido e bastante preciso, especialmente em resoluções maiores de monitores. Estas características também foram destacadas no modelo Razer Lancehead e no mais recente Razer Basilisk.

Na parte inferior encontrarão um botão para mudar os diversos perfis. Esta funcionalidade pode ser interessante se quiserem definir um perfil para cada uma das laterais ou para jogos diferentes. A configuração de cada um dos perfis também recorre ao Razer Synapse, mas a troca entre elas podem ser feita enquanto jogam, bastando pressionar o tal botão. É de salientar que o rato sabe quando mudam de lateral e aplica os respectivos perfis.

Não podemos ignorar o facto que todas estas opções com tantos botões requerem hábito. Uma coisa é certa, assim que se habituarem, terão a possibilidade de fazer tudo com apenas uma mão. Não é a forma ideal para jogar todos os títulos, mas alguns têm vantagem clara. Nos MOBA, por exemplo, existem habilidades e combinações para pré-definir. E o mesmo acontece com os MMO. Com este rato, foram precisos só uns quatro ou cinco botões para activar todas as habilidades, deixando a mão esquerda praticamente sem uso.

Veredicto

Com as suas linhas elegantes e boa ergonomia, o Razer Naga Trinity é mais um modelo de qualidade da marca da cobras. Requer algum hábito usar as teclas laterais, mas é inegável a vantagem desta quantidade de configurações possíveis. O mais interessante é o seu conceito inovador de comutação de teclas que nos dá três tipos de ratos completamente distintos pelo preço de um. Apesar de ser um rato criado com os jogos em mente, também o poderão configurar para o vosso trabalho diário e aumentar a vossa produtividade.