Primeiras impressões sobre o Xbox Game Pass

237

São 112 jogos que compõe a biblioteca do Xbox Game Pass, com mais títulos a chegar.

O Xbox Game Pass está disponível a partir de hoje e permite-nos aceder a um enorme catálogo de jogos Xbox One e Xbox 360 por uma modesta quantia mensal. Se quiserem um comparativo, será uma espécie de Netflix mas com jogos. Ainda é cedo para termos as nossas opiniões bem assentes sobre este serviço, mas podemos partilhar com vocês as primeiras impressões. 

Com um custo de apenas 9,99€ por mês, é dada a possibilidade aos subscritores de acederem a um biblioteca com mais de 100 jogos. Mas ao contrário do Netflix ou PlayStation Now (não disponível em Portugal), este serviço não transmite os jogos por streaming através da Internet. Isto que significa que terão de descarregar e instalar os jogos na consola, podendo jogá-los mesmo estando offline. Os títulos são jogados via dashboard como qualquer outro jogo digital na consola. Não existem menus especiais nem zonas específicas para estes títulos instalados.

A oferta actual deste serviço é vasta. Já partilhamos a lista completa dos títulos que já estão disponíveis desde o primeiro dia. Entre eles, existem os galardoados indies do programa ID@XBox, vários jogos que ajudaram a popularizar a Xbox 360 (como a série Gears of War, por exemplo), além de alguns títulos mais recentes para Xbox One como Sunset Overdrive.

Como devem calcular, não existem quaisquer títulos da Electronic Arts, uma vez que na Xbox One já temos o serviço rival EA Access. Os princípios de utilização destes serviços são virtualmente idênticos. A única diferença é que este último se mantém, até agora, exclusivo para jogos da EA. O tempo dirá se serão mesmo rivais directos. Até porque o EA Access é, até agora, um exclusivo da Xbox One.

Nesta lista tão longa, mesmo assim, notamos a ausência de jogos mais apelativos como Forza Motorsport ou Quantum Break, apenas para citar exemplos de títulos que sentimos mais falta. Certamente seriam boas apostas de arranque para Xbox Game Pass mas, por enquanto, estes e outros grandes exclusivos ainda não estão disponíveis.

Conforme já explicámos no artigo de lançamento deste serviço, esta lista não é fixa. Isto significa que estes jogos actualmente presentes poderão ser removidos e outros adicionados mais tarde. Isto permite que a lista seja completamente orgânica, mas também que seja possível que um título desejado deixe de estar disponível. Contudo, a Microsoft já veio explicar que alguns jogos removidos entretanto, poderão voltar a ser inseridos.

Ao aderirem ao Xbox Game Pass terão acesso também a outro bónus. Tal como no caso Xbox Live Gold, este serviço também aplica certos descontos em alguns títulos, caso tenham a intenção de ficar com eles para sempre. Isto permite jogar qualquer um dos jogos da lista e apenas comprar o que realmente interessa. Até agora, esta capacidade estava reservada a demontrações limitadas e cujo progresso não transitava para o jogo final.

Este novo serviço da Microsoft terá a sua prova de fogo nos próximos meses. Acreditamos que seja ideal para quem joga casualmente ou adquiriu uma Xbox recentemente. Desta forma terão logo acesso a vários jogos da plataforma. Veremos como a concorrência se ajusta e como a Microsoft irá apelar a mais subscritores.

Por agora, se estiverem curiosos com o serviço mas ainda tiverem algumas dúvidas, há também a possibilidade de experimentar o Xbox Game Pass durante 14 dias. Assim, poderão testar as suas capacidades e decidir se o querem subscrever.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here