E3 2018 – Conferência da Square Enix

560

A curta conferência da Square Enix deixou os fãs a desejar mais da editora.

Pela primeira vez desde 2015, a Square Enix teve uma conferência na E3. Não foi em directo como a maioria opta por fazer, mas sim com uma apresentação previamente gravada de apenas 30 minutos. Nela, mostrou alguns jogos que já foram divulgados durante a conferência da Microsoft, mas ainda houve espaço para algumas surpresas.

Shadow of the Tomb Raider

A conferência começou da melhor forma possível, com um trailer de jogabilidade do novo Shadow of the Tomb Raider, com a protagonista a usar a selva para sobreviver em grande estilo. Este título será o culminar da nova trilogia sobre Lara Croft, levando-nos aos primórdios da famosa caçadora de túmulos que conhecemos. Será lançado no dia 14 de Setembro para PS4, Xbox One e PC.

Final Fantasy XIV X Monster Hunter: World

Os mundos de Final Fantasy XIV e Monster Hunter e vão cruzar-se numa nova mistura de títulos, com conteúdo a chegar tanto no famoso RPG Online como ao não menos famoso RPG de Acção com monstros. O anúncio chegou através de um curto vídeo, sem detalhes sobre o que os jogadores terão acesso. Seja lá o que for, será lançado neste Verão.

The Awesome Adventures of Captain Spirit

Já tínhamos visto este novo jogo da Dontnod Entertainment na conferência da Microsoft. Será o primeiro de uma série de mini-histórias que ajudarão a conhecer melhor o mundo de Life is Strange e todas as suas personagens. Isto, antes de podermos jogar a desejada sequela. Será lançado no dia 26 de Junho para PS4, Xbox One e PC e é gratuito.

Dragon Quest XI: Echoes of Elusive Age

Depois do lançamento no Japão no ano passado, seria de esperar que a Square Enix trouxesse Dragon Quest este ano para o Ocidente. O trailer mostra-nos uma força misteriosa que está a tomar conta do mundo e o protagonista que terá de a impedir, dando grande ênfase a uma espada que parece ter a habilidade necessária para combater essa força negra. Tem data de lançamento previsto para 4 de Setembro na PS4, XB1 e PC.

Babylon’s Fall

Apesar de ter sido apenas um teaser com muito pouca informação, esta surpresa despertou o nosso interesse. Principalmente, porque é da autoria da Platinum Games, a produtora que nos trouxe NieR: Automata e Bayonetta. O teaser mostra-nos vários impérios e localizações num mapa ao longo de vários anos, o que sugere que terá um vislumbre da história do mundo ou alguma mecânica para viajar no tempo. Está previsto para 2019 para PS4 e PC.

Just Cause 4

Depois da fuga de informação no Steam e da conferência da Microsoft, já pouco faltava saber sobre a nova aventura de Rico Rodriguez. Este novo trailer revela que, volta à acção para destronar mais um ditador. A sua nova missão conta com um mapa maior que o jogo anterior, melhorias nos efeitos de luz e nos efeitos meteorológicos como nunca vimos, incluindo tornados e outros tipos de desastres naturais. Tem lançamento previsto para 2019.

The Quiet Man

Esta foi a outra surpresa desta conferência. Mais uma vez revelado através de um escasso teaser, foi construído com uma mistura de Live Action com actores reais e imagens em jogo. Não há pormenores mas, pelo vídeo, dá-nos a entender que o protagonista é surdo e tem uma grande habilidade para lutar contra bandidos. Saberemos mais sobre este título durante o mês de Agosto.

Kingdom Hearts 3

Depois de inúmeros adiamentos e tendo em conta que já passaram 13 anos desde que Kingdom Hearts 2 foi lançado para a PlayStation 2, era esperado que a Square Enix tivesse alguma revelação bombástica para o seu novo Kingdom Hearts 3. Contudo, o que foi apresentado não foi nada mais que um trailer um pouco modificado do que vimos durante a conferência da Microsoft. Até para o ano.

Uma conferência bastante escassa, em que a Square Enix parece querer apenas marcar presença. O facto de ter sido apenas uma apresentação em vídeo, pode ser um indicador de um começo mais assíduo nos próximos anos. Mas, esta sua estreia deixou um pouco a desejar, com a maioria das revelações dadas noutras conferências de terceiros.

A maior das ausências foi mesmo a de um novo Final Fantasy. Sim, temos Final Fantasy XV lançado no PC este ano com novo conteúdo. Mas, onde estava Final Fantasy VII Remake? Sendo a produtora deste título, pareceu estranho nem uma referência. Resta-nos aguardar pela conferência da Sony para mais algum pormenor do paradeiro de Cloud Strife.