E3 2018 – Conferência da Sony PlayStation

554

Esta era uma das conferências mais esperadas, mas acabou morna e pouco surpreendente.

A Sony PlayStation tem vindo a adoptar um formato algo diferente para as suas conferências na E3. Outros eventos mundiais parecem mais apetecíveis para revelações e surpresas. Mesmo assim, trouxe algumas novidades, apresentou vídeos de jogabilidade dos seus grandes exclusivos e ainda teve tempo para duas surpresas.

The Last of Us: Part II

A conferência não podia ter começado de melhor forma, depois do autor da banda sonora Gustavo Santaolalla actuar ao vivo, foi a vez de assistirmos ao primeiro trailer de jogabilidade de The Last of Us: Part II. E a audiência ficou boquiaberta, como só a Naughty Dog sabe surpreender. O vídeo foca-se em Ellie e mantém todo o secretismo em torno da ausência de Joel. Podia ser lançado já amanhã. Ou ontem…

Destiny 2: Forsaken

O novo trailer da próxima expansão de Destiny 2 dá-nos uma ideia da história que podemos esperar nesta continuação da história do jogo. O mais chocante é a possível morte de Cayde-6, um dos nossos Vanguards preferidos e que marcou presença em ambos os títulos da Bungie. Voltaremos ao Rift no dia 4 de Setembro.

Ghost of Tsushima

Depois de ter sido anunciado em 2016, foi só nesta conferência que pudemos assistir à jogabilidade do ambicioso título da Sucker Punch. E a era do Japão Feudal nunca teve tão bom aspecto, com um grafismo impressionante, música a condizer e uma acção ideal para um jogo de samurais com katanas. Este é um exclusivo da PlayStation 4 e ainda não foi revelada a sua data de lançamento.

Control

Da mesma produtora que nos trouxe Max Payne, a Remedy, chega-nos este título de acção na terceira pessoa que nos coloca no papel de uma mulher com poderes psíquicos. Não podemos deixar de enfatizar que, em termos de aspecto, é muito semelhante a Quantum Break. Ainda não tem qualquer data de lançamento previsto.

Resident Evil 2 Remake

O tão aguardado remake de Resident Evil 2 foi finalmente revelado através de um magnífico trailer para recordar-nos dos horríveis eventos de Raccoon City. O jogo foi recriado de raiz com o motor gráfico de Resident Evil 7 e dará uso a uma câmara sobre o ombro, tal como em Resident Evil 4. Será lançado no dia 25 de Janeiro para PS4, Xbox One e PC.

Kingdom Hearts III

O novo Kingdom Hearts 3 volta a aparecer em mais uma conferência, desta vez revela novas personagens como Jack Sparrow, uma edição limitada da PlayStation 4. E ainda destaca as remasterizações dos primeiros títulos da série, exclusivas na consola da Sony. Já sabem que será lançado no dia 29 de Janeiro para PS4, Xbox One e PC.

Death Stranding

Quem diria que poderíamos ver um pouco da jogabilidade do novo título de Hideo Kojima? Infelizmente, o trailer deixa-nos com mais questões do que respostas. Normal, portanto. Que criaturas são aquelas que parecem acelerar o tempo em tudo o que tocam? Porque é que o equipamento do protagonista inclui um bebé? Kojima no seu melhor. A data de lançamento é outra incógnita sem resposta.

Nioh 2

Depois do enorme sucesso do primeiro Nioh, seria de esperar que uma sequela fosse revelada durante a conferência da Sony. Nioh 2 surgiu das chamas com um breve teaser. Tendo em conta os poucos pormenores, podemos assumir que esta sequela ainda está numa fase muito inicial do seu desenvolvimento. O que é mais irónico é que no horizonte, a concorrência também terá um outro ARPG com Samurais

Déraciné

Este é um título exclusivo para o PlayStation VR e que está a ser produzido pela FromSoftware em colaboração com o Japan Studio. Nele, o jogador será um espírito chamado por uma jovem num internato, precisando de provar a sua existência e construir laços com os estudantes por meio de interações inteligentes. Será lançado ainda em 2018.

Spider-Man

Para terminar, a Sony revelou mais 7 minutos de jogabilidade do novo Spider-Man que está a ser produzido pela Insomniac Games (Ratchet & Clank). No vídeo, são apresentados alguns vilões clássicos do universo do aranhiço, incluindo Rhino, Vulture, Scorpion e Electro. Spider-Man chega à PlayStation 4 no dia 7 de Setembro.

Curiosamente, os outros anúncios foram, na sua maioria, repetições de trailers de jogos já vistos e anunciados. Títulos já conhecidos como Battlefield V, FIFA 19, Just Cause 4, The Crew 2, Devil May Cry 5 e muitos outros surgiram como “anúncios” com o logótipo da PlayStation.

A Sony mostrou ainda o futuro de Crash Bandicoot N.Sane Trilogy, um novo pacote de mapas para Call of Duty Black Ops III (sim, o terceiro) para quem encomendar Black Ops 4, um novo jogo das mentes criativas de Rick and Morty chamado de Trover Saves the Universe, as novas entradas Farming Simulator 19 e Insurgency: Sandstorm, alguns Indies como Twin Mirror, Ghost Giant, e Jupiter & Mars, entre outros títulos partilhados à margem do evento, sem que tivessem figurado na conferência em si.

Foi portanto, uma conferência pouco surpreendente, claramente sem a dimensão de anos anteriores, com os principais títulos em carteira já conhecidos e esperados. Não desfazendo da qualidade dos jogos apresentados, sobretudo dos exclusivos The Last of Us: Part II e Ghost of Tsushima, o que foi mostrado acabou por não ter grande impacto.

De notar a ausência de maior destaque a Call of Duty: Black Ops 4, talvez porque a Activision já tenha mostrado quase tudo sobre o jogo antes da E3. E não, não tivemos direito a uma mísera actualização do estado de Final Fantasy VII: Remake. Não sabemos o que se passa mas, infelizmente, parece que este título parece bastante longe. Ah! E a PS5? Só para o ano…