O novo ano de 2015 já chegou e com ele chegam também os novos lançamentos da Nintendo. Monster Hunter 4 Ultimate será de certeza um dos maiores lançamentos do ano para a portátil da Nintendo e a sua data de lançamento foi ontem anunciada na Nintendo Direct para dia 13 de Fevereiro. A nossa antevisão chega agora para te deixar com água na boca até ao início do mês que vem! 

A série Monster Hunter continua, no ocidente, ainda um pouco underground embora por cá já existam alguns fãs acérrimos. Esta é afinal de contas uma das melhores sagas com que a Capcom nos tem brindado nos últimos anos e uma referência para o género RPG de acção. Aqui os jogadores assumem o papel de um caçador que completa várias missões para procurar e chacinar monstros.

Por cá na redacção já desfrutamos de Monster Hunter 4 Ultimate há alguns dias e podemos avançar já com alguns detalhes deste enorme jogo para a 3DS antes da publicação da nossa análise a fundo. Começamos esta aventura como um caçador recrutado para uma Guild com o objectivo de descobrir a origem de um misterioso artefacto. Para isso viajaremos através de estepes, desertos, florestas e outros tantos cenários que não podemos revelar por agora.

A grande coqueluche de Monster Hunter, os monstros, continua a brilhar com as suas personalidades e movimentos distintos. Se nos estreamos na série, a primeira coisa que vamos reparar é que não existe nenhuma barra de energia e depois temos de nos habituar rapidamente a preparar uma caçada. Antes de avançarmos com o nosso ataque, os monstros têm de ser obrigatoriamente estudados. Perceber a forma como se movimentam no terreno ou descobrir um ponto fraco é fulcral para uma caçada bem sucedida.

Este é, afinal de contas, o jogo da saga Monster Hunter com o maior número de monstros que já alguma vez tivemos à nossa disposição para caçar. Ao todo 96 monstros, divididos entre 23 monstros pequenos e 73 monstros grandes.

Não obstante, vocês estarão provavelmente por aqui para perceber quais são todas as novidades que vos aguardam em MH4U e nós só falámos ainda dos monstros. Por isso, deixem-me falar-vos também das novas armas: a Insect Glaive e a Charge Blade. A primeira deixa-nos invocar um insecto (isso mesmo!) para atacar os monstros num conceito que tem tanto de novo, como de estranho. Quando mandamos o nosso insecto voltar até nós, somos recompensados com um buff. A segunda arma nova, a Charge Blade, possui dois modos: o sword and shield mode que é muito semelhante à forma habitual de espada e escudo; e o Axe mode que é semelhante ao Switch Axe. A grande vantagem da Charge Blade está, precisamente, na sua versatilidade, permitindo alternar entre os dois estilos e foi, pelos menos até agora, a nossa arma preferida por esse mesmo facto.

Agora em MH4U também já podemos escalar e alcançar terrenos mais altos para preparar de cima as nossas investidas devidamente. Aliás, até durante a escalada poderemos atacar neste novo título ou então saltar para agarrar a espinha de um enorme monstro. Os novos modelos de terreno foram por isso concebidos tendo este novo factor em conta e ganham assim uma nova atracção que de certeza agradará ao explorador que existe em cada um de nós jogadores.

MH4U tem todas as hipóteses de se tornar um sucesso entre os jogadores e isto em muito se deve ao facto deste novo título da 3DS chegar até nós com um modo online. É certo que este modo já existia na versão de MH3U na Wii U mas a portabilidade na 3DS traz-lhe um enorme factor de atracção. MH4U tem de ser apreciado acompanhado e este novo modo vai deixar toda a gente a planear a melhor estratégia de ataque em conjunto. Alguns monstros só estarão mesmo disponíveis para jogar em multijogador, onde poderemos jogar com até três amigos em ligação local ou através de rede sem fios.

Em jeito de conclusão, resta-nos dizer que já perdemos horas a fio com este jogo e muitas mais nos esperam. Monster Hunter 4 Ultimate promete roubar o vosso tempo livre sem qualquer tipo de escrúpulo. A nossa análise chegará mais próximo da data de lançamento mas a versão de demonstração já se encontra disponível. Por isso e até lá, boas caçadas!