Nos primeiros anos da PlayStation 3, a Sony lançou vários franchises de qualidade e um dos que se destacou foi inFAMOUS. Um jogo que nos coloca no papel de Cole MacGrath, um estafeta que ganhou os seus poderes electrificantes da forma mais inesperada possível dando-lhe a habilidade de rebentar com carros, fritar pessoas ou até mesmo deslocar-se pela cidade de uma forma muito ambígua, mas sempre cheia de estilo. Tanto no primeiro jogo como o segundo, existiam muitas decisões morais que podiam influenciar os poderes de Cole. Basicamente podíamos ser bons ou maus e isso influenciava todo o jogo.

Com a chegada da PlayStation 4, a Sucker Punch decidiu pôr mãos à obra e vai lançar, já em Março, o terceiro título da série que introduz uma nova personagem, numa nova cidade e com muitos poderes novos. Tudo isto sem abandonar as suas raízes, mantendo a jogabilidade semelhante aos anteriores e com o mesmo conceito de open world.

A versão de demonstração que tivemos oportunidade de jogar mostra-nos uma parte de Seattle do início do jogo. Aqui o protagonista dispara um alarme acidentalmente, alertando os soldados sobre um conduit ali perto. Nos primeiros cinco minutos de pancadaria é apresentado o novo poder que, ao invés do domínio sobre a electricidade, é a possibilidade de controlar o fumo – com um toque de fogo. Algo que, aliado às correntes sempre presentes nos punhos, dá um efeito de partículas, luz e violência como nós tanto gostamos. Ao longo do jogo será possível alterar entre poderes mas só pode ser usado um de cada vez e, para trocar, é necessário encontrar uma interacção específica. No demo tivemos a oportunidade de experimentar também os poderes neon mas já lá vamos.

Delsin Rowe, o novo protagonista, possui várias animações de fazer inveja a Cole. Antes de mais, a voz e as animações faciais são dadas pelo veterano Troy Baker (que encarnou Joel de The Last of Us) e as animações de movimentação têm uma dinâmica muito acima da média, com a roupa a corresponder perfeitamente em toda a correria da nova personagem.

Tal como Cole, Delsin também terá decisões morais durante a sua jornada, o objectivo é sempre derrotar os soldados DUP. Como o fazer é algo que vocês decidem. Para derrotar estes soldados, Delsin possui vários poderes, como já referi, mas todos eles funcionam da mesma forma e à semelhança dos jogos anteriores, sendo possível disparar pequeno projécteis e, quando premido por mais tempo o botão, dispara uma espécie de tiro super potente capaz de destruir tudo à nossa frente. Com o poder de fumo, Delsin consegue ainda desmaterializar-se e passar por entre objectos ou condutas de ar espalhadas pela cidade de forma a se deslocar mais rapidamente.

E com o poder de neon, os projécteis e o próprio Delsin são mais rápidos, chegando nós ao ponto de subir paredes, deixando para trás sempre um rasto enorme de neon. Rasto esse que fica a brilhar enquanto paira no ar por um pequeno período de tempo. Durante o jogo serão desbloqueados novos poderes que, por enquanto, ainda estão no segredo dos deuses.

Sendo o inFAMOUS: Second Son, um exclusivo da PlayStation 4 não podíamos esperar nada mais, nada menos, que gráficos de nova geração e claro está, a destruição do ambiente que nos rodeia. Praticamente tudo é destrutível: postos de vigia, pontes e outros objectos do cenário são facilmente deitados abaixo.

Veredicto

Infelizmente esta demonstração foi muito rápida mas deu para perceber que, no meio de tantas novidades, a Sucker Punch conseguiu manter a mesma jogabilidade dos jogos anteriores. A promessa de novos poderes só nos deixa ainda mais curiosos. inFAMOUS: Second Son junta-se assim aos exclusivos da PlayStation 4, ideal para os fãs dos jogos anteriores assim como para quem vai agora conhecer a série sem precisar de conhecer toda a história da primeira e segunda entradas da série.